Impacto do aquecimento global na produção de energia elétrica

Claudio Macedo
19/01/2016

Hidroelétrica convencional. Crédito: Tomia (GFDL) / Wikimedia Commons.
Hidroelétrica convencional. [1]
Previsões da comunidade científica indicam que ocorrerão no mundo, ao longo deste século, importantes alterações climáticas decorrentes do aquecimento global, incluindo escassez de água doce. Por outro lado, continua a aumentar a demanda de água e de energia elétrica como decorrência do desenvolvimento social e do crescimento da população.

Pesquisadores holandeses estudaram o impacto das mudanças climáticas na produção de energia por meio de hidroelétricas e termoelétricas durante o século 21. Essas usinas contribuem com 98% da geração de energia elétrica do mundo e dependem fortemente da disponibilidade de água nos rios. No caso das termoelétricas, a temperatura da água para o resfriamento também desempenha papel fundamental no seu funcionamento.

Os autores fizeram uma modelagem computacional correlacionando os recursos hídricos disponíveis e a geração de energia elétrica em 24.515 hidrelétrica e 1.427 termoelétricas de todo o mundo. Consideraram os efeitos de variação de fluxo e de temperatura da água e mostraram que seguindo os mais variados cenários de aquecimento global (aquecimento de 0,6 a 2,0 oC), ocorrerão, por volta de 2050, reduções médias na capacidade de geração de 7,0 a 12% nas termoelétricas e de 1,2 a 3,6% nas hidroelétricas [2].

Os pesquisadores também simularam os efeitos de possíveis adaptações nas usinas visando mitigar o impacto climático. Particularmente, consideraram, entre outras adaptações, o aumento da eficiência das unidades geradoras, a substituição do combustível das termoelétricas (carvão e óleo por gás) e a mudança da refrigeração de termoelétricas próximas da costa para água salgada. Eles mostraram que, realizando as mudanças indicadas nas usinas, os impactos serão globalmente minimizados e capazes de compensar o efeito médio das mudanças climáticas na maioria das regiões do mundo [2].

O grande problema para realizar as mudanças necessárias no setor de geração de energia elétrica é o longo prazo que sempre é gasto para realizar qualquer alteração relevante da infraestrutura de produção de eletricidade.

[1] Crédito da imagem: Tomia (GFDL) / Wikimedia Commons (CC-BY-2.5). URL: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hydroelectric_dam.svg.

[2] MTH van Vliet et al. Power-generation system vulnerability and adaptation to changes in climate and water resources. Nature Climate Change 6, 375 (2016).

[3] Post relacionado: Como a temperatura afeta a economia?

Como citar este artigo: Claudio Macedo. Impacto do aquecimento global na produção de energia elétrica. Saense. URL: http://www.saense.com.br/2016/01/impacto-do-aquecimento-global-na-producao-de-energia-eletrica/. Publicado em 19 de janeiro (2016).

Artigos de Claudio Macedo     Home

Publicado por

Claudio Macedo

Claudio Macedo

Doutor em Física. Divulgador de Ciência. Professor da Universidade Federal de Sergipe (1976-2016). Escreve sobre Temas Variados da Ciência no Saense.

2 comentários sobre “Impacto do aquecimento global na produção de energia elétrica”

  1. Excelente tema abordado. É preciso inovar no campo da geração de energia, buscando alternativas limpas e economicamente viáveis. Eu acredito muito na Geração Fotovoltaica. Aproveitar ao máximo a irradiação solar que nos atinge diariamente, no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.